"Não posso afirmar que todos os dependentes pornográficos serão pedófilos, estupradores ou outra coisa do gênero, mas o que posso afirmar categoricamente é que todos os pedófilos e estupradores, possuem rastros consubstanciados na pornografia".

Sid Marques

O Autor

O Autor

[...] muitas vezes julgamos o pedófilo e o estuprador, nos revoltamos com eles, queremos matá-los, e não percebemos que estamos no mesmo caminho. Eles só estão um pouco mais adiantados".

e-BOOK - Super Promoção - De R$ 97,00 Por R$ 47

POR MUITO TEMPO A IGREJA TEM SE PREOCUPADO APENAS COM O EFEITO

Infelizmente o que tem acontecido hoje nas igrejas é que a instituição tem criado uma hierarquia de pecados, onde o pecado sexual é o mais relevante, o mais abominável, o mais pecado.

É comum disciplinar membros que confessaram seus pecados de fornicação, afastar jovens por uma gravidez fora do casamento, excluir o adúltero, mas nada se fala a respeito daqueles que semeiam contendas entre irmãos.

Esta hierarquia é antibíblica e além do mais, a disciplina que apenas afasta não resolve problema.

Não estou dizendo que a imoralidade sexual não seja pecado, sim é um pecado tanto quanto os outros e de consequências terríveis e o infrator precisa aprender a andar corretamente e para isso ele precisa ser acompanhado, passar pelo processo, analisar a causa de sua transgressão e atacar na causa raiz do problema até que ele consiga ser reabilitado de fato.

APONTADA COMO A DROGA MAIS POTENTE DO SÉCULO

Não sei se você sabe, mas a heroína foi considerada mais viciante de todos os tempos. O seu consumo pode elevar o nível de dopamina em até 200%. Agora observe bem, o que diz a ciência sobre a pornografia.


“Com o advento do computador, o sistema de entrega para este estímulo viciante [pornografia na internet] tornou-se quase livre de resistência. É como se tivéssemos inventado uma forma de heroína cem vezes mais poderosa do que antes, utilizável na privacidade da própria casa e injetada diretamente no cérebro através dos olhos. Está agora disponível em oferta ilimitada através de uma rede de distribuição auto replicante, glorificado como arte e protegido pela Constituição. ”

Dr. Jeffrey Satinover, psiquiatra, psicanalista, físico e ex- fellow em Psiquiatria na Universidade de Yale.


“Encontramos um importante vínculo negativo entre o ato de ver pornografia durante várias horas por semana e o volume da matéria cinzenta no corpo estriado do cérebro. ”

Cientistas do Instituto Max Planck.


“Esses efeitos poderiam incluir mudanças na plasticidade neuronal resultante de intensa estimulação no centro do prazer. ”

JAMA Psychiatry, Associação Médica Americana.


“ Não existem rapazes que nunca assistiram a pornografia. ”

Professor Simon Louis Lajeunesse, da Universidade de Montreal, sobre o fracasso de um estudo que não conseguiu realizar, por falta de voluntários que nunca tinha assistido pornô.

EFEITOS ALARMANTES DA PORNOGRAFIA

Nosso cérebro não sabe diferenciar o que é real do virtual ou imaginário, por este motivo, quando nos deparamos, diante de imagens ou de outro tipo de conteúdo pornográfico, seja uma revista, contos eróticos, filmes, programas de TV, etc., percebemos apenas a excitação, o apetite sexual, contudo a substância nigra do mesencéfalo começa a fabricar dopaminas, essa produção dopamínica é proporcional ao intento biológico e cerebral, nesse caso, a relação sexual, a cópula carnal, transmissão de DNA, porém, como geralmente o que acontece é o ato masturbatório, é criado então, um novo caminho neuronal para exaurir a grande quantidade de dopaminas fabricadas, esse caminho é o que popularmente chamamos de vício, que podemos classificar como o arranjo do universo cerebral a fim de livrá-lo da autodestruição imediata.

Essa compulsão repetitiva através da masturbação, produz alterações físicas no cérebro que com o tempo causará um apetite insaciável, onde o indivíduo, buscará novas fontes de prazer, levando ao consumo de materiais mais pesados e obscenos, entre eles, a pornografia gay, masculino e feminino, bissexual, travesti, BDSM, ménage à trois, vídeos de estupros cinematográficos, incestos, zoofilia, coprofilia, pedofilia, e todo tipo de perversão sexual, eufemisticamente chamada de parafilia.

Quando a pornografia suja e ofensiva já não é o bastante, o doente sexual sai à procura da realização de suas fantasias, sem se preocupar com as consequências, chegando ao fundo do poço.

Você não quer isso para sua vida! Não é mesmo?

e-BOOK - Super Promoção - De R$ 97,00 Por R$ 47

SINOPSE POR CAPÍTULO

SINOPSE POR CAPÍTULO

Sinopse

e-BOOK - Super Promoção - De R$ 97,00 Por R$ 47